Os viajantes plenamente vacinados que chegarem à Inglaterra procedentes dos Estados Unidos e da União Europeia não precisarão cumprir quarentena, anunciou o governo britânico nesta quarta-feira (28).

Há uma exceção: os viajantes que chegarem da França ainda precisam ficar de quarentena, porque no país a variante beta do coronavírus é a prevalecente.

A medida era uma demanda do setor de turismo, e entrará em vigor a partir da madrugada de segunda-feira (2), afirmou o ministro dos Transportes, Grant Shapps.

Os viajantes vacinados pelo serviço de saúde britânico já havia sido liberados da quarentena, mas não os imunizados no exterior. A distinção causou mal-estar entre os britânicos expatriados diante das complicações criadas para que voltassem para casa.

Os viajantes vacinados em território americano deverão provar que são residentes nos Estados Unidos.

Um teste de PCR será obrigatório dois dias após a chegada.

Essas medidas também não se aplicam a países e regiões classificados como “vermelhos” por Londres (como Índia, Emirados Árabes Unidos e América do Sul). Destes, apenas residentes do Reino Unido estão autorizados a retornar, desde que cumpram quarentena em hotéis reservados para isso. As despesas de hospedagem ficam por conta de cada um.

 

Fonte: G1.com
Foto: Toby Melville/Reuters