Uma relíquia do papa João Paulo 2º, uma ampola com gotas do sangue do pontífice polonês, foi roubada de uma igreja de Spoleto, Umbria, no centro da Itália, informou o site oficial do Vaticano.

A relíquia do primeiro papa polonês, canonizado em abril de 2014, nove anos depois de sua morte, foi roubada na quarta-feira à noite, de acordo com o Vatican News.

A polícia italiana abriu imediatamente uma investigação.

“Espero que se trate de um gesto superficial, que não pretendia ofender a sensibilidade dos fiéis. Também me atrevo a esperar que este gesto imprudente não tenha sido cometido para obter dinheiro”, comentou o arcebispo de Spoleto, Renato Boccardo, citado pelo Vatican News.

A ampola com o sangue de João Paulo 2º foi dada de presente em setembro de 2016 à igreja da cidade pelo cardeal Stanislaw Dziwisz, então arcebispo de Cracóvia, que foi durante décadas o secretário particular do pontífice polonês.

 

Fonte: UOL
Foto: AFP/Getty Images